Segunda, 16 de Maio de 2022
28°

Nuvens esparsas

Belém - PA

Geral Maranhão

Setur percorre regionais orientando sobre o Remapeamento do Turismo no Maranhão

A Setur realizou, no período de 2 a 5 de maio, as “Oficinas de Regionalização do Turismo” com representantes dos municípios de Lago da Pedra, Alto ...

07/05/2022 às 09h40
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
Setur percorre regionais orientando sobre o Remapeamento do Turismo no Maranhão. (Foto: Divulgação) - Setur percorre regionais orientando sobre o Remapeamento do Turismo no Maranhão. (Foto: Divulgação)
Setur percorre regionais orientando sobre o Remapeamento do Turismo no Maranhão. (Foto: Divulgação) - Setur percorre regionais orientando sobre o Remapeamento do Turismo no Maranhão. (Foto: Divulgação)
7/05/2022

Com o objetivo de fomentar o desenvolvimento turístico dos municípios maranhenses que já estão e que têm interesse na entrada no Mapa do Turismo Brasileiro, a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), através da Superintendência de Regionalização, realizou no período de 2 a 5 de maio, as “Oficinas de Regionalização do Turismo”, com representantes dos municípios de Lago da Pedra, Alto Alegre, Igarapé Grande e São Mateus.

Conforme o secretário de Estado Turismo, Paulo Matos, explica “a Setur vem trabalhando com o Programa de Regionalização do Turismo (PRT) percorrendo os 10 polos turísticos do Estado para realizar oficinas de alinhamento sobre o Mapa do Turismo Brasileiro reafirmando o compromisso do governo com o desenvolvimento do Turismo no Maranhão”.

As oficinas aconteceram na segunda-feira (2) na cidade de Lago da Pedra; na terça-feira (3) foi a vez do Alto Alegre; na quarta-feira (4) Igarapé Grande e por fim, na quinta-feira (5) a cidade visitada foi São Mateus. Dentre as pautas das visitas aos municípios, aconteceram reuniões com Conselho Municipal de Turismo para ações do Programa de Regionalização do Turismo (PRT); ações de mobilização das empresas que atuam na atividade turística no município para sua regularização no Cadastur e Orientações sobre sistema de informação do mapa do turismo brasileiro (SUSMAPA/MTur).

O secretário de Juventude e Turismo de Igarapé Grande, Plínio Filho, esteve presente na oficina. “Esse foi um momento muito importante para a cidade de Igarapé Grande, que já está cadastrado entre os 63 municípios maranhenses dentro do Mapa do Turismo Brasileiro, e isso para nossa cidade é um momento de muito orgulho”, disse o secretário.

As informações levantadas e debatidas pela Setur nos municípios são para a inserção e alinhamento dessas cidades no Mapa do Turismo Brasileiro, que é o instrumento instituído no âmbito do Programa de Regionalização do Turismo e que orienta as ações no desenvolvimento das políticas públicas. O mapa define a área, o recorte territorial, que deve ser trabalhado prioritariamente pelo Governo do Estado e pelo Ministério do Turismo (MTur).

Segundo Glória Pinto, superintendente do Programa de Regionalização do Turismo no Estado do Maranhão, os municípios maranhenses receberam capacitação de profissionais na área do turismo, hotéis, restaurantes, bares e outros. E orientações para que consigam realizar o processo de remapeamento pelo próprio município.

Regionalização

O Programa de Regionalização é uma política pública com objetivo principal de apoiar a estruturação dos destinos, a gestão e a promoção do turismo no País, com vistas à promoção do desenvolvimento regional, tendo o Mapa do Turismo a visualização das áreas que deverão ser trabalhadas com essas políticas públicas.

Todos os municípios inseridos nas regiões do mapa são considerados, pelo Programa de Regionalização do Turismo, destinos de vocação turística ou destinos de apoio que podem contribuir ou se beneficiar da geração de emprego e renda induzidos pela atividade do setor.

O Mapa do Turismo Brasileiro foi instituído em dezembro de 2013. Desde 2016, com a nova reformulação do mapa, as cidades podem ser inseridas no Sismapa a qualquer tempo, ao invés de a cada dois anos como ocorria anteriormente, desde que sejam atendidos os critérios, orientações, compromissos e procedimentos estabelecidos pela Portaria Ministerial nº 41.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários